Friday, July 3, 2009

À descoberta de Tabucchi

Nos últimos tempos tenho-me revelado um gato preguiçoso que não faz mais nada se não apanhar sol. Na realidade, experimentei três meses árduos de trabalho na capital,em que o pouco tempo que tinha concedia-o à ociosa tarefa de simplesmente olhar a luz de Lisboa, tentar perceber a sua brancura, perceber as "vísceras" de uma nova cidade, como alguém especial que quisessemos conhecer e conquistar. Tal como um gato também bebi muito do sol de Lisboa. Mas não sei se me terá feito muito bem.

De regresso ao meu habitat natural, descobri que tinha fome, fome de livros e novos nomes a descobrir.

Foi então que surgiu Antonio Tabbuchi, escritor italiano. Tem uma estilo objectivo, coeso, irónico, como eu gosto. Uma das características que mais me fascina nele é a adoração por Fernando Pessoa, tendo traduzido parte da sua obra para italiano.Nos seus livros encontramos o cruzamento de elementos da cultura portuguesa e italiana. É interessante ver o resultado.O realismo de quem simplesmente olha e não tem de se camuflar em textos pesados e pretensiosos para contar um país, uma ideia, o ser humano.

Fica o registo do meu regresso à literatura e a estes breves escritos.