Saturday, May 19, 2007

La vie en rose

Foto: Direitos Reservados
Edith Piaf...Que sabemos nós dela?Toda a gente entoa o "La vie en rose" e alguns o "hymne À l'amour", mas quase ninguém sabe como foi a vida atribulada, feita de perdas e internações hospitalares desta pequena mulher de voz e personalidade indissociáveis. Fiquei estarrecida e enternecida com a vida daquela mulher puissante de 1.50 de altura,uma voz que me faz estremecer o chão debaixo dos pés e soltar as lágrimas que escondo na manga da camisa.

Um filme como há muito não se fazia. Uma excelente forma de tentar perceber aqueles olhos azuis sempre muito abertos e os seus gestos de pardal assustado. Uma forma também de olharmos um bocadinho para os aspectos simples e tão ou mais importantes.

Recordo uma cena final em que a Edith, já bastante debilitada e depois perder o seu amor (o pugilista Marceaux), responde a uma jornalista o que para ela era mais importante na vida: "L'amour!".

Bonito mesmo. Depois de ver o filme passei a noite e o dia a seguir a ouvir o cd que há muito não se ouvia pela casa.

O título original do filme é "La Môme", a menina, nome artístico da Edith quando começou a carreira. La Vie en rose foi a tradução mais burlesca que conseguiram arranjar. Mas talvez não tenha sido mal escolhido....Apetece cantar e sorrir à vida quando saímos da sala de cinema.

Sunday, May 6, 2007

Darfur is real.

SaveDarfur.org has a post called "Background" that's worth checking out...





DOWNLOAD: Policy Talking Points (Updated 3/30/07)Darfur has been embroiled in a deadly conflict for over three years. At least 400,000 people…